A\ Traça

by Bad Pig

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
03:49
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
05:21

credits

released March 21, 2016

Artwork by Bad Pig
Produced by Bad Pig
Recorded @Garagem

tags

license

all rights reserved

about

Bad Pig Coimbra District, Portugal

contact / help

Contact Bad Pig

Streaming and
Download help

Track Name: Lixo/Sujo
Quem são vocês?
O que é que querem de mim?
Qual é o meu papel?
Lixo, se estou sujo.

Não me f*das, o jogo é simples:
O Rei avança o peão recua.

Não quero ser,
Opinião não existe.
Niguém sabe,
Ninguém se quer esforçar.

Recuso-me, é-me natural.
Track Name: Passos Mortos
Excertos da tua existência
Horas perdidas em segundos
Passam melhor quando sentes
A noção já ela esquecida.
Foges pelos caminhos
Que te roubam a sanidade
No escuro o ponteiro rasga
a noção, já ela perdida.

Espera pelo prazer da solidão

Passos dados pelos mortos

Passos Mortos
Track Name: Enforca Cães vs João Branco
Nuvem de cinza, boca seca
Olhos vermelhos, apagados
A corda afoga a inspiração.
Um dia serei nada,
Um sonho leve.
Não sinto o peso de existir.

Coagula o cimento
Enquanto espero por ti,
doce eterno nada, estou aqui.
Danço com o vento,
não me deixam respirar.
Não sinto o peso de existir.

Sufoca
Coagula
Afoga
Respira
Track Name: Animal vs Animal
Eis que entra pela porta
Corre-lhe nas veias a morte anunciada
Veste alegria da cor do asfalto
E calça botas de matéria morta
Vítima que és
Ressuscita de pé

Eis que se senta no canto
Degusta, engoles o tempo que some
O destino térreo servido num manto

Vítima que és, ressuscita de pé.

Eis que se levanta agora
Vai tropeçando no chão mas sem demora
Pega no que tem e sai pela porta fora
Vítima, que já não és
Renasceste, e estás de pé.

Vítima que já não és
Ressuscita já.
Ressuscita Cabrão!
Track Name: Enxame vs Mickey
Estás na linha da frente, não ha como escapar
O futuro é incerto e a morte é infinita
O ar rarefeito sufoca-me a garganta
No meio dos cadáveres é fácil respirar

Engasgado no sangue soluças com prazer
Vê jorrar no lancil o sangue do inimigo
Evolves regredindo implodindo no casulo
Somos uma doença extingue este vírus
Track Name: Vulto de Ocasião
Princípio do fim da tua vida,
Já não tens grande saída.
Quadrado como as paredes brancas,
Mecânico nas emoções.
Um vulto de ocasião.

Foste forçado a nascer
Ausente do teu ser
Faz o que te mandam, não reajas,
Estes não morrem cedo.

Um vulto de ocasião
Um dulto sem emoção
Produto de ausência de cor.
Track Name: Traça
Exílio
Nem morte
Um rato
Distorce
Braços cruzados
Catalogados
Os olhos
Disfarçam
A solidão
Compensa
Braços cruzados
Catalogados

Entre as chamas que me tentam prender
Queimo o ar que tens em ti